O único lugar do mundo que usou wodka Polonesa como Perfume

publicado em:20/03/18 1:00 AM por: Jurandir Figueiredo Gente da TerraHistórias e Fatos

Quinta-Feira, 08 de Fevereiro de 2007 | 6 comentários

Certa vez la pelos anos 1968 um dos filhos de Ribeirão Pequeno resolveu ir para Sp trabalhar, seu pai que era o melhor barbeiro de Ribeirão Pequeno, na época recebeu das mãos de seu filho uma garrafa de wodka wiborova como um presente bem bacana, então vendo aquela embalagem bonita e o rótulo prateado não contou tempo e pois em sua estante de espelhos que tinha em sua pequena barbearia, e quando os clientes chegavam para cortar a barba ou fazer a barba essa pessoa de coração muito puro fazia questão de passar a tal loção em seu rosto ou melhor no rosto do fregueses. Bom chegando para tirar a barba o sr Angelino Patricio percebeu que aquilo não era um perfume e sim uma bebida boa degustaram um pouquinho e gostaram e em poucos minutos secaram a tal garrafa e foi assim que nosso Rib Pequeno foi o único lugar do mundo a usar uma wiborova como loção nas faces de seus clientes. Isso não é legal?

Enviado por: Marcinho.Corrêa

 

Comentários
1 – WALTER DE BEM DUARTE 27/02/2007
Marcio poupou o Dede desta porque? voce sabe que le mandou como perfume , a culpa não foi do seu Zé Abraços walterdebem@hotmail.com

2 – Marcinho Corrêa 02/03/2007
O QUE NÃO DEVIAMOS FAZER MAS FOI SÓ UMA BRINCADEIRA DE MOLEQUE CRECIDO. Certa noite saimos de Ribeirão Pequeno com destino a Ribeirão Grande a fim de dasarmos um baile como era de costume fazer ao chegar la ja escutamos alguem falar lá vem a turma de duros de Ribeirão , e na verdade eles tinham razão pois alguns tinham apenas o dinheiro da cota e olha lá cota era a entrada que a gente pagava para dançar casados pagavam 1cruzeiro e solteiro i,e 50 sempre era mais caro para os solteiros pois bem assim que terminou o baile e foi todo mundo para suas casas o pessoal da Coloninha juntamente com o Eufrazio o Santinho do seu Jorge subiram no sino e amarraro um fio de nilon e levaram até o morro e de lá batiam o tal sino que ficava ao lado da igreja até descobrirem asustou muita gente onde ja se viu o sino tocando sozinho á a essas alturas nós ja tiamos virado todos os bancos de cimento que tinha na pracinha quando foi domingo voltamos para o suere como disiamos ai o bicho pegou o seu Manoel Felipe que ainda hoje está firme e forte queria saber a todo pano quem tinha feito aquilo e o Walter de Bem Duarte estava com uma camisa de treis cores e o velho falava assim:o foi o filho do Cide ou foi aquele cobra CORALE do fonso e até ontem ainda não tinham descoberto quem fez tão rebaldaria.Abraços a vcs meus conterraneos. marcinho Corrêa

3 – Edison Rosa da Silveira 13/04/2008
Gostaria de maiores informações sobre o perfume. 61- 32154810 61- 84580849 Trabalho em Brasilia e resido em OSÓRIO – RS.

4 – Luana (Neta José Vitorino) 14/06/2008
Dei risadas da história da wodka. Gostei muito, meu avô e uma figura. hehe

5 – lebrinha 14/06/2008
lebrinha agradece e ri bastante, com essa história da vodka que zé vitorino andou fazenda. Realmente é muito engraçada.

6 – Marcinho Corrêa 25/04/2009
Meu Amigo Tião é com muito respeito e uma maneira de ficarmos lembrando das pessoas que gostamos postando essas histórias que vão ficar na história por mtos e mtos anos nossos primeiros cortes de cabelos foram feitos por mãos maravilhosas que tinham a rapidez de manusear sua tesoura deixando os meninos sempre a vontade e engabelando até ficar pronto o serviço seu pai vai ser sempre lembrado pelos Riberonenses pela pessoa q era gente humilde e de coração bom (saudades)



A última modificação foi feita em:março 11th, 2019 as 11:36 PM


Post Tags


Comentários



Deixe uma resposta