DOCUMENTOS ANTIGOS DISTRITO DE RIBEIRÃO PEQUENO – Parte III - Distrito de Ribeirão Pequeno

publicado em:2/03/18 12:31 AM por: Jurandir Figueiredo Documentos históricos

Quarta-Feira, 04 de Abril de 2007 | 2 comentários

Quando procurava a origem da minha família, numa busca que durou cerca de 8 anos, passou pelas minhas mãos muitos documentos. Coloquei-os numa ordem cronológica procurando identificar a origem. Depois abri um arquivo no meu micro e fui fazendo uma transcrição do conteúdo de cada documento para selecionar somente o que me interessava. Essa transcrição foi feita com alguma dificuldade porque o texto manuscrito é de difícil leitura, quer pelo estado em que se encontram, quer pela escrita da época, que usava muitas abreviaturas que desconheço. Portanto, não me prendi muito em fazer uma transcrição caprichada. Não que esses documentos não sejam importantes. Pode e deve interessar a muitas pessoas, pois esclarece a origem de algumas das primeiras famílias que estabeleceram no Ribeirão. Pequeno, quem veio, em qual navio, etc, e sobre um variado assunto que vai desde 07.03.1768 até 22.09.1900. Ou seja, um período que representa um buraco negro na história da região e do próprio Brasil. Possuo xerox de cada um desses documentos e poderei reproduzi-lo a quem interessar.

Geraldo Figueredo – Autor do Estudo da Árvore Genealógica da Família Figueiredo

 

DOCUMENTOS ANTIGOS DISTRITO DE RIBEIRÃO PEQUENO – Parte III
19.11.1786 – (DICO) – Diz José Roiz Gollarte morador desta Vila, casado com Luiza Silveira, … sertos requerimento carece se lhe passe por certidão o termo de seu casamento o qual se não pode passar sem despacho de Vmce, terão por (abreviatura) …
P. Vmce. Reverendo Vigário P. do que constar da nova, seja servido mandar seja lhe passada certidão na forma deferida. E. R. Mce.
… Manoel José de Brito, Escrivão do Auditório e de órfãos nesta Comarca de Santo Antônio dos Anjos da Vila da Laguna por Sua Exa. Rma. …
Certifico … por Ter que visando o livro findo dos casamentos desta … com o Livro terceiro de fls. 102 está o assento segundo a primeiro dia do mês de junho de mil setecentos e setenta e seis … Vila de Sto. Antônio dos Anjos da Vila da Laguna … … casal da tarde …reverendo lhe … perante mim Antônio José Silveira no encomendado da dita matriz e das … testemunhas abaixo nomeadas receberam … com palavras … por marido e mulher José Rodrigues, filho legítimo de Manoel Rodrigues e Margarida Santo Antônio, natural e batizado na Freguesia de São Mateus, Bispado de Angra com Luiza da Silveira, filha legítima de Vital Silveira e de Rosa Silveira, natural e batizada na Freguesia de N. As. Do Desterro da Ilha de Santa Catarina desta Paróquia … na forma e ritual … do que para constar fiz este (assento?) … mandar esta Vila Testemunhas que presente foram o vigário Antônio José Ribeiro … que bem e fielmente … do próprio … com o dito livro do que … em que … do Vigário … Bernardo … da Silva … por mim dentro … nesta sobredita Vila aos dezenove dias do mês de novembro de mil, setecentos e oitenta e seis anos. Eu, Manoel José de Brito, Escrivão que escrevi e assino. Segue as ass.)

07.12.1786 (DICO) – Diz José Rodrigues Golarte, filho do casal … Manoel Rodrigues e de sua mulher Margarida de Santo Antônio … e naturais da Ilha de São Jorge, vindo no segundo transporte em companhia dos ditos pais, casado na Vila da Laguna com Luíza da Silveira, filha do casal … Vital da Silveira e de sua mulher Rosa … naturais da mesma Ilha de S. Jorge que … desta Ilha de Santa Catarina que ele fez … os requerimentos juntos de que alcançou … em que … foi … deferir que como o suplicante não era filho do casal requerente ao Ilmo. Sr. … que o suplicante e sua mulher são filhos … e o suplicante … com seu pai … de atendido.
… se sirva deferido ao Suplicante na forma da sua súplica…
E. R. M. NO VERSO:
Ajunte o Suplicante Certidão por … faça com que o suplicante veio das Ilhas com seu pai no transporte dos … Desterro, 12 de dezembro de 1786.
Segue Ass.

22.11.1789 (DICO) – Diz Rosa Maria de Jesus viúva que ficou de Francisco Machado … moradores que foram da Freguesia de Santa Ana desta Comarca que (abrev.) seu requerimento se lhe foi … lhe passe por Certidão o teor do termo do seu casamento e como se não pode passar sem o digno … ERM
João da Silva Barros de Abreu … Senhor Vigário encomendado nesta Freguesia de Santa Ana da Vila Nova, distrito da Vila da Laguna por sua Exa. Rvma. Certifico em como revendo Livro de casamento desta dita Freguesia nele a Fls. 3 V … assento que consta do requerimento supra do qual o seu teor le da forma e maneira seguinte: Aos vinte e um dias do mês de outubro do ano de mil setecentos e setenta e quatro nesta Freguesia de Santa Ana, pelo meio dia pouco mais ou menos, feitas as diligências nupciais na forma do Sagrado Concílio Tridentino, e constituição deste Bispado e sem impedimento algum com licença do Reverendo Vigiário da Vara Manoel da Costa Maria, e das Testemunhas abaixo nomeadas Bartolomeu de Souza e João da Silveira Flores, com palavras de presente em minha presença e das e das Testemunhas acima referida se receberam (in facie?) …
Francisco Machado Nunes, filho de Manoel Machado Nunes já defunto e Maria Minerva de Jesus, também defunta com Rosa Maria filha de José Teixeira e sua mulher Luzia Silveira, natural da Freguesia de São Roque da Ilha do Pico, Bispado de Angra com os mais acima referidos naturais da Ilha de São Jorge, a rogo lhe dei as bênçãos na forma da do Ritual Romano, e para constar fiz este termo que assinei dia mês se ano ..
supra Vigário Francisco José de Araújo de Bernardes, Bartolomeu de Souza, João da Silveira Flores e não se continha mais coisa alguma em o dito penas que fielmente transladei do próprio livro que se acha em meu poder, no qual me reporto, em virtude do despacho retro do Reverendo Vigário da Vara desta Comarca passei a presente nesta dita Vila Nova de Santa Ana aos 22 de novembro de 1789. Ass. João da Silva Barros de Abreu, Vigário …

03.12.1789 (DICO) – Diz Rosa Maria de Jesus, filha legítima de José Teixeira Machado, casal do nº vindo das Ilhas no navio de que era Capitão José Lopes Arraya, no Segundo Transporte e viúva que ficou de Francisco Machado Nunes, filho legítimo de Manoel Machado Nunes, também casal do nº … … chamada (olarranca?) Capitão Manoel Correia de Braga e tanto a suplicante como o falecido seu marido vieram em companhia de seus … primos pai de Pai de idade de dez ou mais anos e se casaram na Freguesia de S. Anna dita Comarca, donde passaram … …, e aí compraram o sítio pelos documentos juntos mostra que tem cento e sete braças de frente sem numeração de braças para os fundos e porque a Suplicante nele está vivendo … mora com 4 filhos que lhe pilavam fazendo suas lavouras, em que faz utilidade a si … reais … e agora lhe consta que seu João Batista filho de seu João … que passaram desta Ilha para aquela Vila vendeu o sítio que possuía, e se quer situar nos fundos do da suplicante com … preciso da mesma suplicante e de seus filhos órfãos serão porque
P. V. Sr. se sirva de lhe confirmar as distas terras com … com setecentas braças de fundos para …
DESPACHO: Informe o Governador da R. Fazenda, ouvindo o Ilmo. Sr. Gov ao Suplicante como os documentos em que se fundar. Desterro, 3 de dezembro de 1789.
Fls. 2
Informe o Senado da Câmara da Vila da Laguna, ouvindo os seus confrontantes. Desterro, 2) de fevereiro de 1790. Ass. Ilegível
DESPACHO: A suplicante como o falecido seu marido são vindos das Ilhas em companhia de seu pai e parece lhe .. declara de terras a tem desde que seu pai nunca foram enterrados daí que Sua Mgde. Fidelíssima lhe prometeu e assim espera de V. As. Ser atendido com a graça e piedade com que atende as pobres vítimas que como … requerem E. ªM.
Fls. 3
Despacho 1 -Sr. Governador: A supte. não só por si como por seu falecido marido, por ter vindo das ilhas e casarem dentro da … determinações lhe … deste de terras; é visto senhor de posse das … braças de frente sítio por compra … tirar nelas extinção de fundos sem prejuízo de 3º se achar nos termos de se lhe .. desta terras, com … de fundos se baixo das cláusulas e reserva que são conforme as … . Abreviaturas. Desterro, 22 de dezembro de l790. Ass. Manoel … Ramos.
Despacho 2 – Responde o sup.do João Batista, sobre o requerimento da sup.te, ajuntando o … em que se fundar: e não fazendo dentro em três doas ;;; a Supte. … para dentro em oito dias vir responder a este Provimento debaixo da .. e não o fazendo, se deferir a Supte. E com certidão da sua notificação ou reporta lhe … Desterro, 5 de dezbro 1789. Ass. Ilegível
Fls. 4
Sr. Provedor da Fazenda Real. As terras que … de que se acham os meus requero,… ilha são nos fundos do sítio que … meu pai compramos quando passamos dessa Ilha para esta Vila por não haver declaração de terras, e não … mandará o que for Senado . Laguna, 10 de janeiro de 1790. Ass. João Batista Quaresma.

12.12.1790 (?) (Dico) – Diz Cipriano Cardoso, casado, e morador no termo da Vila da Laguna, soldado da Corporação das Ordenanças que do seu estado teve três filhos, uma fêmea, um machinho de pouco mais de dois anos de idade, e outro mais velhinho de doze para treze anos, de nome Antônio Cardoso… que foi conduzido até a Vila na última Condução de … que se vieram daquela Vila haverá um mês em cuja ocasião não pôde o suplicante acompanhar para a terra do suplicante por estar gravemente enferno, mas sabe de ciência certa que no momento em que … foi a presença de V. Exa. ficou pouco satisfeito pela sua menoridade e pequenez de corpo, sem embargo do quer sempre lhe mandou abrir praça der soldado em Corpo de Artilheiro novamente criada nesta Ilha e por isso se deliberou o Suplicante vir embarcada e rogar a V. Exa. lhe confira ao menos licença ao … filho lhe completar quinze anos de idade no poder do suplicante competente. Aí para o depois o Suplicante o trazer já criadinho e poder com mais animosidade servir a Sua Majestade em virtude de obrigação que todos temos para …
Peço a V. Exa. seja servido deferir lhe como suplica, sujeitando-se a cumprir o que alega a V. Exa. de quem R. Mª.

12.12.1790(?)-(Dico) – Inventário particular e amigável feito nos bens deixados pelo falecimento do Coronel Francisco de Souza França e como … declara que … França – como procurador do Herdeiro Manoel José de Souza França Francisco da Silva França – Antônio de Souza França – José de Souza França – José de Souza França – Joaquim de Souza França – Domingos de Souza França segundo o qual … declarava outro … e declarado em a dita petição a qual juntava a sobre dita Inventariante … inventariasse por todos amigáveis de que assinem a petição e … faz menção … finda a sobredita Petição apresentada ao sobredito Juiz … perante este e proferiu o seu despacho do teor seguinte> Distribuição autuada … concluso – da Silva segundo que… continha declarava … outro fim concluído escrito e declarado e modelo. Despacho destes autos … encontrava o Inventário amigável do teor seguinte …

Enviado por: Arquivo de Geraldo Figueredo

 

Comentários

Permalink #1 #1 – Ronaldo de Bem 22/06/2007
Boa tarde sr Geraldo Figueiredo, faz algum tempo que procuro informações sobre minha família (de Bem). Gostaria de saber se tens alguma informação sobre os De Bem do ribeirão e se tiveres, gostaria de obter estas informações… Desde já agradeço. Ronaldo de Bem.

Permalink #2 #2 – Maria das Dores Cardoso 18/04/2010
Essa e minha historia minha mae Maria dos Anjos Cardoso,morava em minas gerais pote era cassada com Jose Cardoso dos Santos meu pai eles tiveram 6 filhos Ivonete,Cristiane,Sandra,marta,Tania e eu Maria Acho que o casamento nao deu certo porque quando eu nasci ainda bebe ela venho pra sao paulo carregando com ela eu e a Tania que e a mais velha do q eu,deixando para traz meu pai ea minhas irmas. Por isso nao conheço ninguem da minha familia. Quando tinha 2 anos,ela perdeu a minha guarda e a da Tania. O juiz levou nos duas para o forum da Praça Joao Mendez.la a Tania minha irma foi adotada por um casal e eu fui para o Lar Santa Maria,que ficava antes em Sao Caetano Do Sul.hoje fica em cotia la eu fui criada,entao nao conheçia a minha irma Tania. Estou Tentando Localizar ela mais so sei o primeiro nome dela que e Tania os dados dela completo estao no forum da Praça Joao Mendez. Mais vou passar os meu dados eos dados do meus pais Jose Cardoso dos Santos o nome dos pais dele e Antonio Rodrigues da Conceicao Galdina Cardoso nasceu no dia 29/09/1930 naceu em Pote Minas Gerais La ele se casou com a minha mae no civil Minha mae Maria dos Anjos Cardoso nome da mae dela Delfina Maria de Jesus ela nasceu em Malacacheta MG Mais se casou em Pote MG naceu no dia 20/10/1934 Os meus dados Maria das Dores Cardoso Jose Cardoso dos Santos Maria dos Anjos Cardoso nasci em Teofilo Otoni MG Nasci no dia 21/11/1969 Vou passar o meu email cardoso.mariadasdores@hotmail.com   Qualquer solicitaçao envie para meu  ou email. Desde ja agradeço a voces Obrigado…



A última modificação foi feita em:março 12th, 2019 as 12:44 AM


Post Tags


Comentários



Adicionar Comentário