SEM VÁCUO - Distrito de Ribeirão Pequeno

publicado em:2/04/18 1:55 PM por: Jurandir Figueiredo Histórias e FatosPoesias de Ribeirão

Domingo, 23 de Novembro de 2008

Viver
É dar a cara ao vento;
É correr contra o tempo;
É fazer do instante
Um grande momento.

É sentir da comida o sabor;
É oportunizar ao próximo o sorriso;
É deixar as pegadas do amor;
É espalhar paz para construir o paraíso.

É ver alguém em tormento,
Levar conforto, ser um alento.
É despir do orgulho;
É ser humilde e puro.

É correr para alcançar;
É esperar a hora;
É sair, passear.
Depois, vir embora.

É querer alguém;
É sair, procurar.
É seguir além,
Ou simplesmente, ficar.

Enviado por: Manoel Liones Adriano



Post Tags


Comentários



Adicionar Comentário