OLHANDO PRA MIM - Distrito de Ribeirão Pequeno

publicado em:2/04/18 1:51 PM por: Jurandir Figueiredo Histórias e FatosPoesias de Ribeirão

Domingo, 23 de Novembro de 2008

Retrato-me no espelho
Na expectativa de me conhecer.
É impossível ver através desta casca
O cidadão que posso ser.

Observo minha própria face
Com os meus olhos nos olhos meus.
Fica ainda difícil me ver,
Pois não consigo alcançar meu eu.

Abri um pouco meus olhos
Pra ver se enxergava melhor.
Percebi que mais difícil ficou
Porque eu olhava para os olhos só.

Resolvi fechar meus olhos
Chateado porque não me vi.
Comecei a pensar em outrora
Nas coisas realizadas por mim.

Foi aí que me percebi.
Nas atividades que me ocuparam.
Só então pude entender
Que sou sempre aquilo que faço

Enviado por: Manoel Liones Adriano



Post Tags


Comentários



Adicionar Comentário