Livro conta as lembranças da comunidade do Ribeirão Pequeno - Distrito de Ribeirão Pequeno

publicado em:23/03/18 2:38 PM por: Jurandir Figueiredo Histórias e FatosArtigos e Notícias

Livro conta as lembranças da comunidade do Ribeirão Pequeno
Quarta-Feira, 20 de Outubro de 2010 | 3 comentários

Com a participação de 106 alunos e depoimentos de 82 pessoas das comunidades o livro “Memória um patrimônio irrenunciável: comunidades do Distrito do Ribeirão Pequeno da Laguna” foi ganhando vida e formas, tudo organizado pelo professor Laércio Vitorino de Jesus.

Neste dia 30 de outubro, às 15h, a obra será lançada na Escola de Educação Básica Gregório Manoel de Bem.

No lançamento haverá apresentação de dança folclórica e café com a culinária típica açoriana: roscas, bijus, pães de milho e farofa de banana.

Registros que nos possibilitam imergir no passado de inúmeras pessoas, personagens de suas construções históricas. De acordo com a educadora Gisely Cesconetto, do Iphan, colaboradora do projeto, “ neste trabalho há evidente esforço coletivo para a preservação destas recordações, e permanência de tradições e crenças”.

Tudo começou num projeto disciplinar e escolar, anos de pesquisa e aventuras em campo.

A busca por respostas simples do cotidiano, como a feitura de uma broa de polvilho desencadeou outros tantos questionamentos e o livro virou uma obra sem fim.

Livro conta as lembranças da comunidade do Ribeirão Pequeno 1

Apesar da dinâmica da vida estes espaços mantiveram fotografias, hábitos intactos, cachoeiras com a presença de lavadeiras, que “quaram” a roupa na grama, e fabricam seus sabões com gordura animal. Mulheres tecendo tarrafas. Gamela e alguidar servindo as mesas. Folha de bananeira protegendo do fogo o “nego deitado”. Farinha de mandioca moída e torrada no moinho. Fogão à lenha aromatizando o ar destas comunidades, misturado ao cheiro do alambique de cachaça. Procissões religiosas, cantorias de reis e a brincadeira pagã do boi de mamão.

Narrativas extensas e fragmentos de memórias guiam possíveis interpretações dos tempos apresentados, contextualizados historicamente pelo professor Laércio.

REALIZAÇÃO: E. E. B. Gregório Manoel de Bem, Escritório Técnico do IPHAN em Laguna, Cineclube Laguna.

APOIO: Prefeitura Municipal de Laguna, Fundação Irmã Vera, Secretaria de Comunicação, Empresa Laguna Transporte e Turismo Ltda

Fonte: texto Gisely Cesconetto – Prefeitura Municipal de Laguna

Enviado por: Jurandir S Figueiredo



A última modificação foi feita em:março 11th, 2019 as 7:45 PM


Post Tags


Comentários



Adicionar Comentário