DOCUMENTOS ANTIGOS DISTRITO DE RIBEIRÃO PEQUENO – Parte I - Distrito de Ribeirão Pequeno

publicado em:2/03/18 12:37 AM por: Jurandir Figueiredo Documentos históricos

Esses textos foram enviados para publicação por Geraldo Figueiredo. Serão publicados no site em 8 partes na Categoria: Documentos Históricos.

 

Quarta-Feira, 04 de Abril de 2007 | 7 comentários

Quando procurava a origem da minha família, numa busca que durou cerca de 8 anos, passou pelas minhas mãos muitos documentos. Coloquei-os numa ordem cronológica procurando identificar a origem. Depois abri um arquivo no meu micro e fui fazendo uma transcrição do conteúdo de cada documento para selecionar somente o que me interessava. Essa transcrição foi feita com alguma dificuldade porque o texto manuscrito é de difícil leitura, quer pelo estado em que se encontram, quer pela escrita da época, que usava muitas abreviaturas que desconheço. Portanto, não me prendi muito em fazer uma transcrição caprichada. Não que esses documentos não sejam importantes. Pode e deve interessar a muitas pessoas, pois esclarece a origem de algumas das primeiras famílias que estabeleceram no Ribeirão. Pequeno, quem veio, em qual navio, etc, e sobre um variado assunto que vai desde 07.03.1768 até 22.09.1900. Ou seja, um período que representa um buraco negro na história da região e do próprio Brasil. Possuo xerox de cada um desses documentos e poderei reproduzi-lo a quem interessar.

Geraldo Figueredo – Autor do Estudo da Árvore Genealógica da Família Figueiredo

DOCUMENTOS ANTIGOS DISTRITO DE RIBEIRÃO PEQUENO – Parte I
07.03.1768 (Dico) – Carta de Arrematação de um sítio na Vila de Parobé passada a favor de Diogo Francisco Severino como abaixo se declara: O Capitão Manoel Souza Porto cidadão pela Lei nesta Vila de Santo Antônio dos Anjos da Laguna nela e contado seu termo juiz ordinário … comarca policial crime na forma da lei cita a todos os senhores doutores desembargadores corregedores promotores peritos julgadores Juiz Ordinário, Cortes de Justiça Oficiais e mais pessoas dela deste reino e senhorios de Portugal e… conquistas e que lhe a quem perante quem comprei … minha mãe verdadeira carta de arrematação de um sitio no lugar chamado Parobé que foi penhorado … romeiro com início da divisa … uma chapa … tem Cel … efeito real excelência expedir requerer por qualquer via forma modo maneira terão que seja ser possa e todos em geral e a cada um em particular em seja servido passo a saber … nesta dita vila de Santo Antônio dos Anjos da Laguna na Praça Pública lhe querem ai … do executado João … como herdeiro de seu sogro André Domingues … aí na dita data foi por mim mandado …. um sítio que herdou dito executado João Billudo como fica dito cujo sítio tem a posse Diogo Francisco Severino como Procurador de Manoel Bitencurt Pimentel como consta do Auto de Sua terra façam que é do teor e forma seguinte que sendo no ano do nascimento de N. S. Jesus Cristo de mil setecentos e sessenta e aos sete dias do mês de março do dito ano oito nessa vila de Santo Antônio dos Anjos da Laguna na Praça Pública dela onde se acha na juiz ordinário … de sua … comigo assinaram diante … foi pelo dito Juiz mandado ao porteiro … em praça do pregão um sitio de um sítio de André Romeiro e que sendo satisfeito .. dito porteiro passeando pela dita praça de um … parte dizendo … uma em … de … me dão por um sítio em prova de André Romeiro a quem mais … sem lance e depois de repetido o dito lance … e por não houvesse quem mais lançar .. caber lanço do mesmo executante para pagamento da dita execução que … de seu constituinte Manoel Bittencourt Pimentel havia feito ao executado (acabou(?).

03.10.1768 (DICO) – Diz Antônio Francisco de Oliveira que ele precisa, por certidão, o teor do Termo de Casamento com Maurícia da Encarnação e que a de contar do Livro em que … os ditos assentos nesta Matriz. … se lhe não pode pagar sem despacho de V. …
(Abreviaturas) Muito Reverendo Sr. Vigário da … seja … mandar se lhe pa… …. Ass.
Padre Agostinho José Mendes

Fls. 2 Mendes dos Reis,. Escrivão do Auditório Eclesiástico… Ilha de Santa Catarina por provimento do Reverendo Vigário da Vara Francisco de Chagas (abrev.) Certifico que revendo o Livro …tindo, que servia de assentos dos casamentos da Matriz desta Vila, nele às fls. 19, achei o seguinte: Aos três dias do mês de outubro de l768, anos, nesta Matriz de N. As. Do Desterro d a Ilha de Santa Catarina, pelas 10 horas, … feitas … … denunciação em canônicas na forma do sagrado Concílio Trentino e constituições do Bispado com provisão do Muito Reverendo Doutor Vigário da Vara Ignácio José Galvão em minha presença e das Testemunhas abaixo nomeadas e assinadas o Capitão Miguel Gonçalves de Miranda e José Leão, passou … sem impedimento algum.. c0mo constava da referida Provisão que … se casava solenemente … por palavras de presente Antônio Francisco de Oliveira, filho legítimo de José Terra e de sua mulher Maria da … , natural e (falta restante).28.10.1768 ( DICO) – Termo de … que faz Diogo Francisco Severino de um sítio no lugar de Parobé a Manoel Rodrigues, Oficial de lavoreiro, morador desta Vila. Aos vinte e oito dias do mês de outubro de mil setecentos e sessenta e nove anos, nesta Vila de Santo Antônio dos Anjos da Laguna, em Cartório de mim Tabelião ao diante nomeado e aí apareceu Diogo Francisco Severino e por ele me foi dito perante as testemunhas ao diante nomeadas … que por quanto era procurador de Manoel de Bitencurt Pimentel e entre várias … que do dito seu constituinte … e que … em, um sítio no lugar de Parobé para pagamento da quantia de um mil e quinhentos e vinte que o dito … um devedor ao dito seu … e por que a executado falecera e não tivera bens algum com que satisfazer fizera por lhe comprasse um sítio acima declarado a qual por não haver quem lhe quisesse honrar o tem para lhe executante com ordem do juízo para pagamento da dita execução de principal e custas que tudo comprasse do lauto desta … acima fossem que …. que com as ditas justas emprestar em … mil … de cujo sítio na forma que … se matado faria dele venda a Manoel Rodrigues, Oficial de Carpinteiro porque a referida quantia peço porque lho halvia vendido a empregasse ao Sargento Mor Manoel de Souza … para dela dispor como lhe achasse por ser falecido dito seu … e de cujo sítio faria venda como com efeito vendia a … na pessoa do dito comprador para que de hoje em diante a pudesse possuir como seu na forma assim declarada e de como assinado lhe e declarou mandando fizesse este termo de venda … que a vigore como dito comprador sendo testemunhas presente Manoel Antônio … e Domingos Correia …. que o cumpria a assinaram um vigorar perante mim Antônio Marques … … Segue assinatura e sinais.

05.10.1774 (DICO) – Diz Margarida de Santo Antônio moradora nesta Vila da Laguna que ela suplicante … nesta vila com um requerimento na mão de V. As. Cujos são a respeito de um sítio que comprou do Sargento mor da Laguna e como o dito sítio … duas várzea … e por fim veio a ficar … da suplicante com ele e como requereram mudar para o campo o deixou … sítio a um com.. para o vender … d seu marido como ele cita … senão soube o que … a suplicante se não assinou o que e não podia fazer por serem bens de raiz e agora aparce sem um procurador de S. Paulo dizendo que as terras eram sujas e assim fugiu o prolcurador mais um filho … da Laguna por não Ter entrado nas terras e assim como a suplicante não aceitou Dr. E nem passou papel de venda,
Pede a V. As. Seja servido pelo amor de Deus lhe mandar entregar seu sítio que, para tanto, fica rogando ao Dr. Pela vida santa de V. As. E. N(?). M..
Despacho: (Abrev.) da Câmara da Laguna examinando o contido no requeto. Defira à supte., somos por Justiça. Desterro, 28 de novembro de 1774.
Despacho 1: … entregue ao Suplicante o dinheiro porque ajustou … vendo dar papéis e o sítio dentro de oito dias … e o seja intimado pelo alcaide da dita Suplicante. Laguna… 5 de dezembro de 1774. Seguem-se 7 assinaturas.
Despacho 2 : Francisco Lopes de Oliveira Alcaide nesta Vila de Santo Antônio dos Anjos da Laguna com seu termo e certifico que em virtude do despacho retro dos Srs. .. da Câmara intimei a (abrv.) o … despacho e lho li e deu por entendida … de que posto minha fé aos … Ass. Francisco Lopes de Oliveira.
Fls..3
Despacho 3: … e dlara de terra … gera clareza lhe passei o presente nesta Vila da Laguna a primeiro de novembro de 1769. Ass. Antônio Marques Torres.
Despacho 4: … Mel. Roiz toda aquilo acima declarado … a dou por livre e desimpedido e desobrigado … aquela sem clareza (abrev.) lhe passei a presente … aos 15 de … de 1773.
Fls. 4
Para segurança da referida … como comprado requerimento feito ao dito Juiz, a que o Senado visto pelo Juiz mandou ao porteiro desse Auditório Jerônimo de Faria que teria lhe afrontado primeiro ato depois … a que sendo pois até satisfeito dizendo … me dar um sítio em solo de … que foi de André Romeiro há quem … que vende terra … sesmaria … do lhe … há quem mais ande que suas terras afronta … que … achara .. tomara de lhe um do lhe … com esta mais pequenina … e chegando … do te matando lhe entregasse uma terra verde que na.. . sinal … terra auto de terra …. que assinassem o dito … de Testemunhas presente Antônio Souza e … de Souza que assinasse com seu sinal … e do perante mim Antônio Martins Terra … Fls. 5

Examinam que é preciso Antônio … de Matos Vieira de Souza, Diogo Francisco Severino … Jerônimo de Faria … ser pelo dito … lhe até dar pelo arremata mandei se lhe de apresente pelo … dito …Diogo França … Severino por seu herdeiro senhorio do dito livro lhe falam assinada e selada com o selo que na Viola aos sete dias do mês de julho de ano do nascimento de N. S. Jesus Cristo de mil setecentos … seguem-se assinaturas.

Enviado por: Arquivo de Geraldo Figueredo

 

Comentários

Permalink #1 #1 – Gregorio de Bem Neto 17/05/2007
Senhor Administrador: Ha possibilidade de fornecer algum endereço, E-mail de alguem com o sobre nome de Bem, pois gostaria de saber a origem do meu sobre nome ou se já existe algum trabalho sobre a arvore genealogica. Meu pai era natural de Ribeirão Pequeno e se chamava Hugo de Bem, filho de Gregorio Manuel de Bem. Outrossim, se alguém com o mesmo sobre nome ler esta mensagem, por favor entre em contato comigo pelo E-mail:gebeneto@via-rs.com.br. Cordiais Saudações Passo Fundo-Rs, 17 de maio de 2007 Gregorio de Bem Neto

Permalink #2 #2 – Raquel Machado 04/05/2008
Gostaria de saber, como posso entrar em contato com o Geraldo Figueiredo. Pois tenho muito interesse nos documentos que ele possui, pois também sou da família Figueiredo.

Permalink #3 #3 – Elias 17/02/2009
Olá, tudo bem? Interessei-me neste site o qual traz muitas informações necessárias a população lagunense.Gostaria de entrar em contato com o responsável que organizou a árvore geneológica da família Figueiredo.Penso eu que não descenda dessa família, mas como sou descendente de portugueses vindos das Ilhas dos Açores, preciso saber alguns dados os quais são importantes para a construção da minha árvore.Preciso obtê-las para poder adquirir a dupla cidadania a qual estou dando entrada a poucos.Caso puderes entrar em contato o mais rápido possível, agradecer-te-ia.Abraços!!!

Permalink #4 #4 – Paula Domingos 13/03/2009
Olá. Gostaria de saber se voce possui algum documento de Geraldino Antonio Domingues e Bernardina Firmina de Jesus, pais de Thomé Espíndola Domingues natural de Bananal, e tambem sobre Vitorino Jõao de Jesus e Maria Emilia de Oliveira, pais de Emília Oliveira Espindola Domingues, tambem natural de Bananal. Emília e Thomé são meus avós. Se voce puder me ajudar com alguma informação ficarei muito agradecida. Obrigado desde já por disponibilizar esse documentos. Obrigada, Paula.

Permalink #5 #5 – Nilda Figueiredo Correa 19/04/2009
Como sou da familia Figueiredo, tambem gostaria de receber um xeróx desses documentos. Como posso manter contato com Geraldo?

Permalink #6 #6 – MARIA JOSÉ GARCIA 09/10/2009
PARABÉNS PELA PESQUISA! GOSTARIA DE SABER SE EXISTEM AGUNS DOCUMENTOS RELACIONADOS COM MEUS AVÓS PATERNOS: MANOEL JÚLIO GARCIA E FRANCISCA ADELAIDE DE JESUS. TAMBÉM SOBRE MEU PAI: JOSÉ NASCIMENTO GARCIA. OBRIGADA! MARIA JOSÉ GARCIA

Permalink #7 #7 – Adriano Melniski 14/06/2010
MUITO INTERESSANTE ESSES ARQUIVOS HISTÓRICOS SR. GERALDO FIGUEREDO, GOSTARIA DE SABER SE EU PODERIA RECEBER POR E-MAIL ALGUMAS CÓPIAS DESSES AUTOS DE ARREMATAÇÕES HISTÓRICOS (07.03.1768 (Dico) – Carta de Arrematação de um sítio na Vila de Parobé) POR EXEMPLO, SOU LEILOEIRO E GOSTARIA DE VÊ-LOS. ATT

 



A última modificação foi feita em:março 12th, 2019 as 12:42 AM




Comentários



Adicionar Comentário