Despedida - Distrito de Ribeirão Pequeno

publicado em:2/04/18 1:41 PM por: Jurandir Figueiredo Histórias e FatosPoesias de Ribeirão

Domingo, 23 de Novembro de 2008

Quando há a despedida
De alguém que partirá
Cancela-se a emoção sentida
Pelo ser que aí está.

Procura-se fechar as portas
Para que esse amor não vá
Querendo que fique mais um pouco
Pois é triste ficar sozinho cá.

São horas procurando trilhas
Para esquecer a dor e recomeçar.
Porém não se sabe o que fazer
Parece que solução não há.

Fugir da situação não dá
Pois todos os caminhos saem
No mesmo lugar.
Se o fato é real
Não dá para fantasiar.

Enviado por: Manoel Liones Adriano



Post Tags


Comentários



Adicionar Comentário