Boas Lembranças - Distrito de Ribeirão Pequeno

publicado em:2/04/18 5:20 PM por: Jurandir Figueiredo Histórias e FatosArtigos e Notícias

Domingo, 01 de Julho de 2007 |

A se lembro daquele passeio na rua principal de Ribeirão, aonde moços ficavam de um lado e moças do outro, dos bilhetes da barraquinha,das festas da igreja e dos pandelóis rifados, da primeira namorada dos chutes na bunda para não escutar conversas dos moços mais velhos das pernas de pau atravesando a cachoeira e o Jaci puxando o calção e cuspindo na bundo dos guris dos puxo~es de orelhas que seu Manoel Juca dava na mulecada quando conversavam dentro da igreja, das moitas que amarravamos para o pessoal cair quando saiam do terço, da torre da igreja a melhor vista que se tinha da paisagem de Ribeirão, do bolo trocado por peixe no porto, dos carros de bois decendo da Coloninha com café, farinha, lenha, cachaça, cana, mandioca, polvilho, banana, batata,feijão,do salto onde se tomava banho da prainha, das caçadas de loronhos, da funda, das orupucas, das emendas, da barra do rio, dos bailes no salão R.F.C. dos bolos com café que a Nilsa de seu Manoel Vital fazia,das mesadas de inocente que dona Odete fazia, da venda de seu Noca, do lanche da escola, das caçadas de frango d`gua, do campo de seu Antonio de Bem, das fitinhas que colocavam na gola do paletó para arrecadar dinheiro, das cadeias que tinha nas festas, nas brincadeiras de cavalinhos de pau, de piões de soldado, de boto,de roda, de tento, de bolinha de vidro, de carrinho de bananeira, com rodas de laranjas verdes,das tafonas feita com manacarun,dos jogos de domino, do boi de mamão, das carretilhas, com mocotó, e freio de bunda, do pereira, do tamanco de madeira, da calça lee, da camisa mamãe dolores, do quebra pote,da corrida do ovo na colher,na corrida de saco, cabra cega, brincar de ré, mercular no rio, dançar no rg,ver os dramas de dona Adilia, esconder c de bananas na beirada da cachoeira, raspar mandioca, comer roscas,beiju,bejaica,cuscus,pamonha,broa, morcilha, cozido de tainha,xuxu no feijão,couve no feijão,leitão asado, churrasco na vinha de alho, ou na divina dalha, gasoza de limão, framboeza, pão com erva doce, bulacha doce, porretinho, cuca, capilé, pires nas janelas com petolas de flores para ganhar presente, milho cozido, batatadoce asada, pasoca de amendoim no pilhão,café de torrador, pratinho de barro,pote, banheira, gamela, cuia, lamparina, esteira de piri, colchão de palha de milho, traveseiro de marcela ou de taboa,jilo para ariar vasilha,caco de telha para passar nos pés, fogão a lenha, Missa em latin, sacristão, coroação, musicas oferecidas pelo auto-falante na praça, rifa com as casinhas e porquinha da india procurando qual o que ia entrar, lelões nas festas quentão, tucun, gabiroba, caju, bolo na chapa, vasoura do mato, angu com leite, puxa-puxa, melado, açucar grosso, charque, sabão feito em casa, caroeira, chimangue, etc. Tudo isso tinha em Ribeirão.

Enviado por: Quem sou eu Riberonense até embaixo d,gua

Posts Relacionados



A última modificação foi feita em:março 11th, 2019 as 7:38 PM




Comentários



Adicionar Comentário