As Canoas do Ribeirão Pequeno - Distrito de Ribeirão Pequeno

publicado em:23/03/18 6:09 PM por: Jurandir Figueiredo Histórias e FatosPesca e Lavorura

Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2006 | 1 comentário

As Canoas do Ribeirão Pequeno 1A canoa é um objeto muito antigo, já era usada pelos indígenas em nossa região e com a chegada dos açorianos, a canoa evoluiu e se transformou num essencial meio de transporte de pessoas e cargas, elo fundamental do desenvolvimento das comunidades . Era comum cada pescador ou família, possuírem ranchos nos portos para guardar as canoas e artes de pesca.

A Canoa um transporte de grande importância  para o desenvolvimento de Ribeirão Pequeno, comunidade essencialmente agrícola que usava a canoa para as atividades de pesca e também para transportar os produtos para o centro de Laguna, era o único meio para se chegar ao centro da cidade de Laguna.

Nossos antepassados usavam as canoas como transporte de pessoas, antes da construção da estrada que liga Laguna a Ribeirão Pequeno, muitas histórias até parto já ocorreu nas canoas, muitos casais iam de canoa se casar em Laguna, meus pais contam que eles foram se casar em Laguna isso a 45 anos atrás, a canoa que os levou, era do Tio Antonio Duarte, Casado com a Tia Luiza e estava um nordestão, minha mãe toda orgulhosa conta que seu vestido era lindo, só lamenta não ter tirado foto, pois a pressa era grande devido ao famoso vento nordeste. Com certeza esse tópico despertará nos mais velhos lembranças desse tempo que convém ficar aqui registrado…

As Canoas do Ribeirão Pequeno 2 As Canoas do Ribeirão Pequeno 3 As Canoas do Ribeirão Pequeno 4

 

Enviado por: Jurandir S Figueiredo

 

Comentários
1 – Marcio Corrêa 29/11/2006
Ja aproveitando o embalo da canoa, quero falar um pouquinho desse famoso meio de transporte de Ribeirão, Pois bem minha mãe era um pouco medrosa e quando estava gravida de minha irmã Mirian ela resolveu a fazer o trabalho de parto em Laguna porque não confiava muito nas parteiras de Ribeirão ou era pelo proprio medo, então meu pai pegou uma canoa a remo e foi leva-la para o hospital de Laguna,mas o que ocorreu, foi q quando chegaram no poço não deu mais tempo e minha mãe teve a Mirian dentro da canoa mesmo chovia muito,depois encostaram a canoa no barranco e levaram para casa de dona Silvia Morais que morava naquela casa branquinha de material que tem lá até hoje na beira do rio graças a Deus resolveu-se tudo e meus pais covidaram o seu Tomé Morais e dona Silvia para serem os padrinhos dela Assim era a vida de quem morava em Ribeirão Pequeno na epoca.

Faça seu Comentário



Post Tags


Comentários



Adicionar Comentário